Muleka FM

(44) 3431-1000

Opinião

Estudo destaca a importância do rádio para alavancar serviços e marcas

O estudo da MESH Experience mostrou a eficiência do rádio para atingir pessoas interessadas em assuntos e serviços financeiros

Estudo destaca a importância do rádio para alavancar serviços e marcas
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O rádio tem se demonstrado eficaz e de bastante interesse a quem busca serviços financeiros, como investimentos e consultorias nesta área. Marcas e serviços relacionados a esse segmento estão despontando como grandes anunciantes e figuram entre as empresas de maior valor de mercado, inclusive no Brasil.

Para se ter uma ideia, um ouvinte de rádio AM / FM têm três vezes mais chances de estar no mercado financeiros em comparação com público de TV, destaca o levantamento realizado nos Estados Unidos.

A MESH Experience é uma consultoria de dados dos Estados Unidos e, para o estudo, pesquisou 300 indivíduos de ativos de alto investimento financeiro (mais de US $500 mil). E o levantamento mostrou que 73% desse público tem idades entre 35 e 64 anos, 90% estão empregados, 16% são telespectadores assíduos de TV e 52% são ouvintes intensos de rádio AM / FM nos Estados Unidos.

Entre o público com mais de US $500 mil de ativos investidos, a consultoria descobriu que 33% dos ouvintes de rádio AM / FM estão em busca de uma nova empresa ou adicional para realizar novos investimentos. Isso contrasta com 11% dos telespectadores assíduos de TV que estão com essa mesma intenção, segundo o estudo.

O estudo destaca que, em relação ao mercado dos Estados Unidos, essa diferença ocorre pelo fato do rádio ser mais utilizado por quem está trabalhando e a TV contar com uma parcela grande de pessoas aposentadas, estas que não estão muito interessadas em investimentos, possivelmente usando os recursos como aposentadorias.

“Entre o segmento de consumidores de ativos de alto investimento, ouvintes intensos de rádio AM / FM têm duas vezes mais chances de estar empregados do que espectadores intensos de TV”, diz Pierre Bouvard, Chief Insights Officer na Cumulus Media.

O estudo também conclui que ouvintes de rádio são mais propensos a estar no mercado, demonstram grande familiaridade com marcas de serviços financeiros, são mais propensos a serem clientes e mostrar maior recall (lembrança) do anúncio para marketing nesta categoria financeira. “Ouvintes de rádio AM / FM são quatro vezes mais propensos a agir ao ouvir um anúncio de marca de serviços financeiros”, afirma Pierre em sua análise sobre os dados da MESH.

 

Rádio incrementa a campanha feita só na TV

Pierre destaca que uma ação conjunta feita entre o rádio e a TV pode ser benéfica para as marcas do setor financeiro. “O rádio AM / FM torna sua TV melhor. As marcas financeiras podem experimentar um aumento significativo no alcance com a adição do rádio AM / FM ao plano de mídia com o mesmo gasto”, diz o analista.

“O rádio AM / FM deve ter um papel muito maior no plano de mídia geral, visando indivíduos de alto investimento, uma vez que o rádio AM / FM desempenha um papel muito importante entre o segmento empregado. Ouvintes intensos de rádio AM / FM têm três vezes mais probabilidade de estar no mercado para fazer uma mudança para uma nova empresa de consultoria ou para adicionar uma nova empresa de serviços financeiros do que os grandes telespectadores”, destaca Pierre em sua análise.

FONTE/CRÉDITOS: set.org.br
Comentários:

Peça sua música e participe da nossa programação!